Bem-vindo viajantes

Bem-vindo viajantes! Esse blog tem como objetivo tornar público algumas questões, reflexões e vivências que tenho tido, daí o nome "Viagens de Paulo Pom". As postagens e discussões desse espaço envolverão os seguintes temas: meio ambiente, sustentabilidade, ciclismo e cicloturismo, montanhismo e vivência ao ar livre. Mas viagens por outros mundos também serão feitas...

sábado, 10 de dezembro de 2011

BICICLOTECA: UM FINAL FELIZ

http://institutomobilidadeverde.wordpress.com/bicicloteca/
A BICICLOTECA é uma bicicleta adaptada pelo ex-morador de rua de SP, Robson Mendonça, para ser uma biblioteca itinerante. Sua caçamba, com capacidade para 150 kg,  transportava 200 livros, que haviam sido doados por uma ONG.

Robson e a Bicicloteca na Praça da Sé, marco zero de São Paulo
Fonte: http://institutomobilidadeverde.wordpress.com/bicicloteca/ 

Robson, que é presidente do Movimento Estadual da População em Situação de Rua (Mepesp), circulava pelo centro histórico de São Paulo, emprestando livros a moradores de rua que não podiam fazer cadastro em bibliotecas porque não tinham endereço. Segundo Robson, os empréstimos eram numa média de 180 livros por dia. 

Robson criou o projeto pois, quando era morador de rua, tinha dificuldades de fazer empréstimos de livros em bibliotecas públicas, afinal não tinha endereço fixo. 

No final de setembro de 2011, a Bicicloteca foi furtada no centro da cidade, com todos os livros, além de um gravador de DVD e uma agenda pessoal. Robson havia pedido para um homem tomar conta do veículo para ir a um banheiro próximo dali e, quando voltou, seu veículo havia sumido.

O fato foi comunicado à polícia e cartazes com imagens da Bicicloteca foram espalhados pelo centro. Durante dias e noites, Robson procurou sua bicicleta e foi informado que seu veículo havia sido vendido na cracolândia por R$ 200,00.

Rosbon Mendonça, visivelmente chateado, 
distribui cartazes da Bicicloteca.
Estado SP, 28/set/2011 - C5
A situação comoveu uma editora, que doou dinheiro para Robson comprar uma nova bicicleta adaptada e continuar seu trabalho.

No final de setembro/2011, o Instituto Mobilidade Verde, parceiro da iniciativa, encontrou a Bicicloteca no bairro do Brás, após a denúncia de uma pessoa que acompanhou a história pelos jornais. Os livros, no entanto, haviam sumido.

Veja o vídeo do Reencontro com a Bicicloteca: http://vimeo.com/30050880

A Bicicloteca foi reformada e recebeu a doação de novos livros. Dentre os doadores, destaca-se o Senador Eduardo Suplicy. Depois disso, uma empresa prometeu que compraria mais 10 bicicletas para o projeto ser estendido à outras regiões.


JT, 13/out/2011, p. 9A

Fontes:


"O Estado de S. Paulo", edições de 28/set/2011 (p. C5, Luisa Alcalde), 29/set/2011 (p. C4, reportagem de Luísa Alcalde), 13/out/2011 (p. C8, Lais Cattassini)


"Jornal da Tarde", edições de 13/out/2011 (p. 9A, Lais Cattassini)


Bicicloteca: http://biciclotecas.wordpress.com/


Instituto Mobilidade Verde: http://institutomobilidadeverde.wordpress.com/bicicloteca/

Nenhum comentário:

Postar um comentário