Ultimas Postagens

12 de jun de 2010

PARQUE DA INDEPENDÊNCIA (BAIRRO DO IPIRANGA)




Passei esse último feriado de Corpus Cristis na fria e sempre cinzenta cidade de S. Paulo, trabalhando, na medida do meu ânimo, com os afazeres do mestrado. Tenho saudades de outros tempos, onde num feriadinho desses eu estaria feliz nas areias límpidas da Ilha do Cardoso ou pedalando pelas estradas de chão desse Brasil sem fim. Mas acredito que o sol voltará a nascer brilhante no horizonte...

Num momento, resolvi deixar um pouco os livros e fui em busca de olhares diferenciados no Parque da Independência (onde está o Museu do Ipiranga). Fui sozinho (assim tem sido ultimamente), acompanhado somente da minha velha Caloi 10 (ano 1975 e totalmente restaurada) e de uma pequena câmera fotográfica, além, é claro, de alguns textos para leitura.
Num primeiro olhar percebi que esse parque já esteve mais colorido para mim. Mesmo assim pude curtir o ambiente e as fotos mostram isso. Deu até para curtir um pôr-do-sol, meio ofuscado não só pelas nuvens extensas da frente fria, mas também pelos prédios que, cada vez, ganham o céu da metrópole.












Notei como uma araucária do parque cresceu! Não sei porque me lembrei música: "Amanhecer é uma lição do universo, que nos ensina que é preciso renascer. O novo amanhece ..." (Renato Teixeira - Raízes).


Apesar de não ter muito espaço para pedalar, é convidativo pegar a bicicleta e ir até o Parque da Independência para curtir a tranquilidade de uma tarde, além de seus lindos cenários, como o museu, o jardim, as fontes e o bosque no fundo.

Com sorte, pequenos saguis podem aparacer para o visitante, mostrando, num rápido olhar, que a vida na capital de todos os paulistas pode não ser sempre tão cinzenta. Aos amigos, inclusive aos ciclistas, fica a dica do Parque da Independência, situado no final das Avs. Dom Pedro I e Ricardo Jafet.




4 comentários:

  1. Olá Paulo, bom dia! Gostei muito do tema e fotos.
    Abs. Luizinho.

    ResponderExcluir
  2. Oi, querido...Tenho acompanhado seu blog, uma delícia de ler.Veio aqui do lado e nem fez uma visitinha.Feio, feio, feio...Bjs. Melissa

    ResponderExcluir
  3. É cara, isso é muito bom!!! Nós que vivemos na cidade de São Paulo por muitas vezes esquecemos das boas atividades que a cidade nos oferece, justamente por conta do espirito consumista que nos leva à shopping, baladas e toda essa parafernalha boêmia. Curti muito as fotos, Pompom. E essa bike ta inteirona hein rapaz...

    E por favor, quando for pedalar avise a galera, podemos marcar uns passeios bacanas pra 'conhecer' a cidade...

    absssssss

    ResponderExcluir
  4. Parabéns, excelente matéria! Abraço amigo Paulo.

    ResponderExcluir

Traduzido Por: Mais Template - Designed By