Ultimas Postagens

23 de set de 2011

CIDADE DE SP - 300 ANOS?

A cidade de São Paulo tem 457 anos, não é? Sim e não...

São Paulo, na qualidade de cidade, tem "apenas" 300 anos, completados no último dia 11 de julho.

Em verdade, o povoado de São Paulo de Piratininga foi instalado em 25 de janeiro de 1554 e elevado a vila em 1560. Durante dois séculos, a vila permaneceu pobre e isolada e levou 157 anos para conquistar o status de cidade. 

 Ao que tudo indica, o Largo da Memória, em ilustração antiga,
com destaque para o obelisco.
O Largo da Memória em jul/2011
Segundo a Prefeitura, o obelisco é o monumento mais antigo da cidade


Em 11 de julho de 1711, a vila São Paulo foi elevada a condição de cidade pelo então rei de Portugal, D. João V, por intermédio de uma ordem régia assinada em Lisboa.

Nesse momento criava-se condições legais e administrativas para que a povoação rústica e rural se abrisse para o urbano, segundo o Prof. José de Souza Martins da FFLCH/USP, entrevistado pelo Jornal da USP. Segundo o docente, a história de São Paulo contém acidentes, motins, grandes ousadias e muita criatividade. 


Mapa de SP em 1711, 
produzido pela matéria do jornal o Estado de SP

Há 300 anos, São Paulo tinha cerca de 210 casas de taipa, ruas de terra batida, 7 igrejas, 4 bicas d'água, 1000 habitantes entre índios escravizados, portugueses e mamelucos filhos da terra. Os problemas naquela época eram falta de sal e transporte ilegal de éguas pelo caminho do mar. Somente depois de 8 meses é que os vereadores descobriram a elevação.

São Paulo foi a sétima cidade do Brasil, precedida por Salvador, Rio, Paraíba, Olinda, São Luis e Cabo Frio que tinham recebido a condição.

Mais informações: "Projeto São Paulo, outros 300!", exposição na Livraria João Alexandre Barbosa, na Cidade Universitária, até novembro, que reúne livros e fotografias sobre a história da cidade e sua evolução cultura e geográfica.


Hoje o Largo da Memória sofre com sujeira e pichações

Tem alguns pára-ciclos próximo ao local da exposição, mas sugiro deixar a bicicleta naqueles instalados na Colméia, situada na Rua do Anfiteatro, 181, na Cidade Universitária (onde tem seguranças). Depois é só atravessar a pé a Praça do Relógio até a livraria.   

Fontes: 
Jornal da USP, ano XXVII, n. 931, 18 a 24/jul/2011.
O Estado de São Paulo, pág. C8, 10/jul/2011, matéria de Vitor Hugo Brandalise



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Traduzido Por: Mais Template - Designed By