Ultimas Postagens

16 de set de 2012

CICLOMARMELADA EM SÃO PAULO


Estes últimos meses foram repletos de contrassensos cicloviários na cidade de São Paulo. 

O mais crucial foi a inauguração da Ciclofaixa de Lazer na Avenida Paulista destinada a funcionar só aos domingos, como se vê na foto acima (a inscrição "2ª a" foi pintada no asfalto em forma de protesto, reivindicando seu funcionamento durante toda semana).


Cartaz da bicicletada de agosto/2012
A ciclofaixa de lazer na mais paulista de todas as avenidas provocou indignação de vários ciclistas, tanto que a bicicletada de agosto/2012 serviu como um protesto contra esse novo "benefício" da Prefeitura, apelidado de "Circofaixa da Paulista". Protestou-se também contra o não cumprimento da lei municipal que estabelece o Sistema Cicloviário (foto acima).

Realmente, uma marmelada!!! E eu também sou um palhaço para essa droga de prefeitura, que gosta de  fazer piada com os ciclistas... 

Eu sou um palhaço para a Prefeitura de S. Paulo.
Piada sem graça...
Só que a piada não tem graça, especialmente quando me lembro dos ciclistas que tombaram pela falta segurança nas ruas de SP e do acidente que sofri graças a imprudência de um ônibus municipal.

Nada contra as faixas de lazer que funcionam só aos domingos. O problema é que esse modelo vem se repetindo na cidade, ao passo que muito pouco é feito para o ciclista que usa a bicicleta todos os dias como meio de transporte.


Prefeito Kassab, na
"Circofaixa da Paulista"
O pior é que essas faixas de lazer entram na contabilidade da Prefeitura como ação voltada para o transporte de bicicleta. Uma falácia!!

Na foto ao lado, de um jornal, o prefeito Kassab cambaleia  ridiculamente em cima de uma bicicleta na inauguração da "Circofaixa da Paulista".

No entanto, Kassab não colocou os pés na mesma Av. Paulista quando Márcia e Juliana morreram atropeladas por ônibus municipais. E nada fez até agora para evitar novos acidentes com ciclistas.

E nesse sentido, meu amigo Jorge desabafou:

"A ciclofaixa da Av. Paulista não passa de um 'cala boca' do poder público em época de eleições. Até agora não foi implantado nenhum projeto de estrutura cicloviária que seja séria e definitiva, de modo que a bicicleta seja incluída como opção permanente de transporte. É disso que a cidade tanto precisa. Com a pífia restrição de dia e horário, essa ciclofaixa reforça ainda mais o conceito limitado do qual a bicicleta só deve ser utilizada para o lazer. Aqui não tem idiota."

Foto do Jornal "O Estado de São Paulo" retrata a polêmica
Outra polêmica foi a cretinice da ViaQuatro, que administra a linha 4 do metrô paulistano, de colocar placas proibindo estacionamento de bicicletas nas calcadas da estação Faria Lima. 

Por que a ViaQuatro, empresa privada, pensa que pode ordenar as regras na calçada, que é espaço público por excelência? Fico impressionado como alguns seres tratam a bicicleta de forma tão repulsiva; parece que uma simples bicicleta é algo ameaçador, que traz pânico, desordem, como se fosse uma metralhadora ou algo que  transmite doenças. 

Depois de protestos, a ViaQuatro percebeu a bobagem que fez e retirou as placas, até porque essa empresa cara-de-pau comete ilegalidade ao descumprir normas municipais que obrigam a instalação de bicicletários em locais de grande afluxo de pessoas, como estações de trem e de metrô.

A bicicletada parece pequena perto do Ed. Altino Arantes
mas é apenas aparência... 
Mas não tivemos só contrassensos cicloviários nesses últimos tempos. A bicicletada de agosto/2012 foi muito especial, porque atravessamos o centro de São Paulo. Na foto acima, a massa circula pelas bases do edifício símbolo da grandeza de São Paulo - o Edifício Altino Arantes. 

Espero que um dia a grandeza da cidade de S. Paulo possa ser medida pelos benefícios que ela proporciona às pessoas, ao invés do tamanho de suas construções. 

- Vejam a bicicletada em homenagem a Marcia Prado, que faleceu na Av. Paulista:
http://viagensdepaulopom.blogspot.com.br/2011/01/sexta-14-de-janeiro-de-2011-o-primeiro.html

- Lembrem de Juliana, que também faleceu na Av. Paulista:
http://viagensdepaulopom.blogspot.com.br/2012/03/juliana.html

- Saibam como foi o acidente de bicicleta que sofri com um ônibus:
http://viagensdepaulopom.blogspot.com.br/2011/03/sofri-um-acidente-com-bike.html
http://viagensdepaulopom.blogspot.com.br/2011/04/ainda-sobre-o-acidente-de-bici.html

- Vejam opinião de Renata Falzoni sobre a "Circofaixa de lazer na Paulista"
http://espn.estadao.com.br/post/278997_porque-a-ciclofaixa-da-paulista-me-indigna-tanto

- Ciclistas falam da ciclofaixa de lazer
http://vimeo.com/48117974

2 comentários:

  1. Creio que esse ranço contra as bikes vem de uma visão arraigada de que bicicleta é transporte de pobre, e que os pobres devem ser enxotados.

    Guilherme

    ResponderExcluir

Traduzido Por: Mais Template - Designed By